Participação das populações locais no desenvolvimento da educação – caso de estudo : escolas comunitárias da região de bafatá. Guiné-Bissau 2004-2006

Participation of local communities in the development of education - case study : community schools in the region of Bafata. Guinea-Bissau 2004-2006

Na «arte de procurar soluções», as populações locais na Guiné-Bissau respondem através de modelos variados de participação no sector da educação. As escolas populares, as escolas públicas com iniciativa de associações ma
Na «arte de procurar soluções», as populações locais na Guiné-Bissau respondem através de modelos variados de participação no sector da educação. As escolas populares, as escolas públicas com iniciativa de associações manjacas, as escolas de autogestão e as escolas comunitárias reflectem a diversidade de respostas das comunidades face às carências educativas não supridas pelo Estado. Os modelos de desenvolvimento participativo apresentados encontram fonte de aprendizagem no período colonial, em particular durante a luta pela independência. As decisões políticas assumidas no Congresso de Cassacá, em 1964, constituem os alicerces de experiências educativas baseadas em modelos de organização e participação da sociedade guineense, que voltarão a ser experimentadas com variáveis no período pós-independente até aos nossos dias. Na região de Bafatá, a participação das comunidades manifesta-se em 156 das 252 escolas existentes em 2006. O envolvimento da população contribui para minorar os efeitos negativos da pobreza e consequentemente para que se alcance a Educação Para Todos até 2015 cujo compromisso foi assinado pela Guiné-Bissau, na Conferência de Dacar. Na luta contra a pobreza, os factores políticos, históricos e sócio-culturais determinam a participação das populações na promoção da educação na Guiné-Bissau. A mobilização da população deve-se à ausência de resposta às suas necessidades, mas também ao aumento de prestígio que experiências educativas bem sucedidas têm granjeado quer em tabancas vizinhas quer junto de entidades externas. Este estudo pretende analisar o papel das populações no desenvolvimento da educação com destaque para as escolas comunitárias da região de Bafatá, no período de 2004 a 2006. Palavras-chave: Desenvolvimento, Desenvolvimento Participativo, Educação, Escolas Comunitárias
show moreshow less
Following the art of seeking solutions, the Guinea Bissau local population responded with several participation models in the Education Sector. The Popular school, the Public School where the manjacas associations have b
Following the art of seeking solutions, the Guinea Bissau local population responded with several participation models in the Education Sector. The Popular school, the Public School where the manjacas associations have been a special role, the Self-Management School and the Community School show the diversity of community responses due to of the lack of education solutions provided by the Public State. The participative development models, named above, find the learning source in the colonial period, namely in the independence struggle. The political decisions taken in the “Congresso de Cassacá”, that took place in 1964, represent the foundation of the educative experiences based on the organization and participation models of the Guinea Society which will be experienced in different ways since Independence until today. In Bafatá region, during the 2006 year, the community participation was present in 156 of the 252 schools. The population involvement contributed to reduce the negative aspects of poverty and consequently to reach the goal, signed by Guinea Bissau in the Dakar Conference, «Education for all until 2015». Fighting poverty, the political, historical, social and cultural aspects define the population participation in the Guinea Bissau promotion of education. The mobilization of the population can be explained by the lack of response to their needs, but also to the growing prestige of success of the educative experiences which have conquered either foreign tabancas or external entities. The present investigation wishes to analyse the role of populations on education development, mainly in the community school in Bafatá region, in the period 2004-2006. Key Words: Development, Participative Development, Education, Community School
show moreshow less

Export metadata

  • Export Bibtex
  • Export RIS

Additional Services

    Share in Twitter Search Google Scholar
Metadaten
Author:Catarina Lopes
URN:urn:nbn:de:hebis:30-104068
URL:http://www.inep-bissau.org/Publica%C3%A7%C3%B5es/TeseseDisserta%C3%A7%C3%B5es/tabid
Document Type:Book
Language:Portuguese
Date of Publication (online):2011/05/06
Year of first Publication:2007
Publishing Institution:Univ.-Bibliothek Frankfurt am Main
Release Date:2011/05/06
Tag:Guinea-Bissau; development ; development policy ; education ; educational policy ; educational system ; participation
SWD-Keyword:Bildung ; Bildungspolitik ; Bildungssystem ; Entwicklung ; Entwicklungspolitik ; Guinea-Bissau; Partizipation
Note:
INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA,  Área Científica de Estudos Africanos, Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Estudos Africanos – Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais,  Orientadora: Professora Doutora Clara Carvalho
Source:zugl. Diss. Tese mestr. , Sociologia (Desenvolvimento Diversidades Locais e Desafios Mundiais) , Dep. de Sociologia, Inst. Sup. de Ciências do Trabalho e da Empresa 2007 , http://www.inep-bissau.org/Publica%C3%A7%C3%B5es/TeseseDisserta%C3%A7%C3%B5es/tabid
Institutes:Extern
Dewey Decimal Classification:370 Bildung und Erziehung
Sammlungen:Afrika südlich der Sahara
Licence (German):License Logo Veröffentlichungsvertrag für Publikationen

$Rev: 11761 $